Notícias

Tomada de Posse dos Novos Órgãos Sociais 2018-2022

Artigo de Opinião | 15 de Dezembro 2018

A Rede Scientiae iniciou, no dia 15 de dezembro, um novo ciclo, com a Tomada de Posse dos Novos Órgãos Sociais para o quadriénio 2018-2022. Ao longo dos últimos 4 anos, a Rede Scientiae procurou posicionar-se como uma associação de génese cambrense, mas de âmbito regional, com orgulho em ser cambrense, mas com o desejo de contribuir para um território maior, de forma ativa e dinâmica.

O seu crescimento tem sido suportado pelo contributo direto de jovens da nossa terra, o João Pina Marques, o João Silva, a Cláudia Almeida, o Simão Silva, a Joana Vilar, a Rute Pires, o Filipe Pinho, o Alex Leite, a Beatriz Almeida, a Mariana Bernardo, o Joao Tavares Paulo Tavares, a Rita Figueiredo, o Alexandre Guerra, o Nuno Carvalho, o João Freire, o Jorge Paiva e a Liliana Albergaria Almeida. Todos, sem exceção, de forma graciosa, procuraram dar um pouco do seu tempo em prol de um movimento associativo e da causa que este prossegue, o conhecimento.

Se os jovens cambrenses têm sido os fazedores da Rede Scientiae, tal só acontece, pois, a indústria de Vale de Cambra tem demonstrado uma abertura extraordinária aos desafios que temos lançado. São os industriais da nossa terra, num gesto de mecenato em prol de Vale de Cambra e da região, que apoiam a Rede Scientiae.

Industriais, como o Comendador José Paulo Silva, JPM, o Comendador Pedro Araújo, Polisport, o Eng.º Armando Pinho, ARSOPI, o Eng.º Abel Oliveira, INACEINOX, o Dr. Miguel Aguiar Soares, Rôge IMO, o Senhor Fernando Valente, Rio Caima, o Senhor Fernando Soares Ferreira, Construções FSF e o Comendador Eng.º Ilídio Pinho, Fundação Ilídio Pinho, que têm dado o seu tempo e a sua sabedoria a um projeto que visa contribuir para o fomento do binómio Jovens-Empresas.

Mas, este envolvimento estende-se para além destas empresas, estende-se por toda esta região suis generis, o Entre o Douro e Vouga, e por regiões várias do nosso país, pois a abertura e recetividade que têm demonstrado pelo nosso projeto são prova disso mesmo.

Vai dentro das empresas, onde destaco, naturalmente, o Dr. João Ferreira, JPM e o Dr. José Soares, ARSOPI, à comunidade, Rogério Costa, Fatima Oliveira, Lurdes Almeida e às universidades, Prof. Doutor Fernando Barbosa e Prof. Doutor Paulo Afonso (Universidade do Minho), Prof.ª Doutora Ana Daniel, Prof.ª Doutora Celeste Amorim Varum, Prof.ª Cármen Guimarães, Prof. Doutor Martinho Oliveira (Universidade de Aveiro), Prof. Doutor Artur Costa e Prof. Doutor Américo Azevedo (Universidade do Porto), Prof. Doutor Álvaro Cairrão, Prof.ª Doutora Sónia Carvalho, Prof. Doutor Joao Paulo Vieito (ESCE-IPVC). Ainda duas referências especiais, ao Senhor Vice-Reitor Prof. Doutor Eduardo Castro e ao Senhor Reitor Prof. Doutor Paulo Jorge Ferreira que, desde o primeiro contacto, disponibilizaram à Rede Scientiae o apoio da Universidade de Aveiro.


Devo destacar, também, a abertura do Governo de Portugal e da República Portuguesa, às nossas iniciativas. Desde logo, a atribuição do Alto Patrocínio de Sua Excelência, o Senhor Presidente da República, pelo Prof. Doutor Cavaco Silva e pelo Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, às Embrace Your Future, conferência académico-industrial que conta já com seis edições realizadas pela região EDV, são um pequeno gesto que simboliza a validação pela mais alta figura do Estado Português do trabalho desenvolvido pela Rede Scientiae.

De referir ainda, o envolvimento de vários membros de diferentes Governos de Portugal nas nossas iniciativas, o Secretário de Estado Adjunto do Vice- Primeiro Ministro, Dr. Miguel Morais Leitão (2015), a Secretária de Estado do Turismo, Dr.ª Ana Mendes Godinho (2016), a Secretária de Estado da Indústria Prof.ª Doutora Ana Lehmann (2017) e a Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, a Prof.ª Doutora Fernanda Rollo (2018).

Por fim, uma última referência, que me remete para o início do texto e para a criação de sinergias, à parceria estratégica que nos encontramos a desenvolver com a ADRITEM. Esta associação propôs à Rede Scientiae a criação de sinergias, sinergias que se concretizaram já num primeiro evento conjunto, o Scientiae Bootcamp, onde trabalhamos juntos para o território, para a indústria e para as universidades e onde, a convite direto da Eng.ª Teresa Lencastre Pouzada, contamos com a presença da Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, a Prof.ª Doutora Fernanda Rollo.

Os desafios que se avizinham não são fáceis, vivemos num território cada vez mais incapaz de garantir a sua própria sustentabilidade. É, portanto, necessário caracterizar o território, identificar os seus pontos fortes e fracos e delinear uma estratégia agregadora que sustente o seu crescimento.

Trabalhar em rede, com as empresas, com as universidades, com os municípios e com as associações, é da mais vital importância, pois só assim, “em cooperação, poderemos converter os problemas em oportunidades”.

Uma última palavra a dois amigos, o Eng.º Rui Leite e o Prof. Doutor Borges Gouveia, por, para além da amizade e estima que têm para comigo, contribuírem, de forma profissional e imparcial, para a construção deste nosso projeto. É esta “gente da minha terra” que me dá mais motivos para ter “orgulho em ser cambrense”.

Contactos

Associação Rede Scientiae

Av. Camilo Tavares de Matos, 323

3730 Vale de Cambra

Ver localização no Google Maps